FALA-SE, MAS NÃO SE EXPLICA NADA.

       Nesses últimos meses, e especialmente nessas últimas semanas, a Dilma, claramente sentindo-se cada vez mais acuada por todos os lados, vem divulgando cortes e mais cortes. O último anunciado foi um corte de quase 70 biliões, mas ainda não nos explicou que corte é esse. Corte no quê? Só pode ser no Orçamento. Estaria ela cortando investimentos? Isso iria significar freios ao nosso desenvolvimento. Ou estaria cortando despesas? Se for isso, chego a uma perguntinha bastante simples e justificável: teriam mostrado a ela, finalmente, que está esbanjando demais o nosso dinheiro? Esse esbanjamento acontece por uma causa que só pertence ao PT, pois só a ele favorece. Ou seria medo de ser expulsa do cargo? A novidade não seria o esbanjamento; seria alguma outra coisa que desconheço e que poderia estar escondendo males ainda piores. Tudo de ruim é possível no governo do PT. Por outro lado, mas ao mesmo tempo, aquelas podridões conhecidas por “mensalão” estão completando dez anos sem que nada tenha sido apurado como deveria ter sido, pelo menos se o governo do PT fosse decente. Punições? Ora punições! Punições no governo do PT?! E não paramos de receber notícias e mais notícias sobre absurdos como foi aquele! Enfim, senhora Dilma, será que no seu quinto ano em Brasília, como presidente da República, vai começar a governar de maneira decente? Fiz aqui uma redundância proposital. Só entendo como governo quando for decente. Competentes nem todos são (o seu está bem longe disso), mas decente todos têm obrigação de ser.

< Voltar