A DITADURA DO CONGRESSO NACIONAL

       Afinal de contas, o que é o Congresso Nacional, uma Democracia ou uma Ditadura? Escrevi sobre isso no meu livro “Aqueles de Brasília”, que se encontra neste site e também nas livrarias. Na nossa Constituição de 1988, está bem claro que lá impera uma Ditadura. Os nossos ilustres “pais da pátria” se incumbiram de torná-la uma realidade. E fazem isso com unhas e dentes. A mais recente investida contra a Democracia é esta. Há poucos dias, e numa reunião com votação que durou 24 segundos, decidiram que essa história de carnaval de quatro dias é só para os trabalhadores e para o povo em geral. Mas eles e toda a sua curriola têm direito a um “descanso” de 12 dias. De início, sinto grande dificuldade para entender essa palavra “descanso”, por considerar que ele só se aplica quando se trabalha. Aqueles de Brasília querem descansar do quê? Só faz sentido descansar para aqueles que trabalharam antes e precisam trabalhar depois. De longe, não é o caso deles. Essa decisão, sem dúvida de menor importância, é apenas um entre as centenas de casos através dos quais deputados e senadores estraçalham a nossa Constituição e viram as costas para aqueles que os elegeram, pagam a eles e pagam o exagero que custam e que provocam. Pior que tudo isso, dão as costas à confiança que os eleitores, como também aqueles que não votam, depositaram neles. Durma-se com esse barulho!

< Voltar